Luan e Pikachu se tornam vilões em empate contra o Friburguense

Vou tentar resumir em poucas palavras: o adversário era fraco. O jogo era dentro de São Januário. A escalação, composta de muitos garotos. Mesmo assim, só o que conseguiram foi um empate com gosto de derrota.

A muito tempo, o clube não iniciava tão bem o ano. Posso lhe dizer, comparando os primeiros jogos de 2016, que este time foi o que me deu mais confiança desde o time da safra 1998-2000.

Se tratando de um adversário que NUNCA venceu o Vasco dentro de São Januário, nem me passou pela cabeça que o resultado do jogo seria um empate. (Que poderia ter sido uma derrota feia se Martín Silva fosse um goleiro mediano).

Também, o time estava sem Nenê e alguns titulares mais velhos, como Jorge Henrique e Andrezinho (poupados para o clássico no próximo domingo).

A coisa já ficou feia no início, quando Rodrigo caiu de mal jeito e teve que ser substituído. Quem mesmo fez por onde novamente foi Riascos, que tinha sido severamente criticado por muitas páginas do Vasco nas redes sociais, a maioria chamando-o de perna de pau - que calou a boca de muitos torcedores modinhas, fazendo os mesmos que falavam mal de sua pessoa, voltarem a serem desonestos consigo mesmo mentindo a cerca de suas verdadeiras opiniões sobre jogadores de futebol.

Faço um alerta sobre essas páginas. Não somos a torcida do Flamengo, que não tem pensamento próprio. Não somos uma massa de manobra, somos um time de pessoas inteligentes. Se acha o cara um perna de pau, não mude de opinião no dia seguinte. Ou se mudar, assuma que mudou.

Posso pegar meu próprio exemplo, no ano passado, eu detestava alguns jogadores. Principalmente Rafael Silva, que calou a minha boca e hoje sou curtidor de sua página oficial. Não tenho medo de assumir que eu falei, portanto que saibam minha opinião nos dias de hoje.

Voltando a falar sobre a partida, hoje não foi o dia de Luan e Yago Pikachu. Os dois foram criticados pela torcida. O pokémon não podia pegar na bola e já era vaiado. Luan ainda fez pior, fazendo pênalti ao colocar a mão na bola quando aplicava um carrinho em jogada de bola perdida de Pikachu. Por causa disso, vi pessoas reclamando nas redes sociais para que coloquem Rafael Vaz ou Jomar em seu lugar.

Para encerrar, abram o olho. Eurico Miranda escreveu uma carta para o conselho de arbitragem do Rio. Acho que tem alguma coisa que podem estar acontecendo, para prejudicar novamente o Vasco. No jogo de hoje, houveram dois pênaltis claros para o cruz-maltino, mas o juiz "fingiu que não viu" - só que só precisou Luan tocar na bola sem querer durante o carrinho, o juiz já marcou sem dúvidas a penalidade.

Como torcedor fiquei triste, pois esse empate veio com sabor de derrota. Mas o ambiente pode mudar, no domingo próximo tem clássico contra o Botafogo com o time titular. Que Jorginho aprenda a não ficar fazendo experiências como essa.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.