Rodrigo acredita que estaremos entre os 10 primeiro no final do turno

Eu sempre acredito no Vasco, mesmo as vezes quando não dá para acreditar. Por exemplo, na super virada na final da Mercosul de 2000, acreditava no rótulo de 'time da virada'. Falei para as pessoas que assistiam comigo, que o Vasco viraria o jogo (é claro, que meu pai tricolor riu da minha cara dizendo: "tá certo, torcedor tem que acreditar mesmo"). 

No fim do jogo, minha fé foi recompensada... mas...

Aquilo foi na época do tempo do Expressinho (como era conhecido o time de Edmundo e companhia, em homenagem ao Expresso da Vitória, que ganhou muitos títulos na metade do século passado - sendo até então uma das equipes mais vencedoras de todos os tempos). Só que agora, os tempos são outros. Posso até dizer que o século XXI (pelo menos o seu início, nos primeiros 12 ou 13 anos) - foram o período mais negro da história do clube - e isso sem falar dos dois rebaixamentos.

Sem enrolar muito, Rodrigo (que volta depois de suspensão) afirmou que quando chegar o próximo turno do campeonato Brasileiro, estaremos entre os dez primeiros. Eu quero acreditar nisso, é sério - ainda mais sem Martín no gol. Veja o que disse o zagueiro:

- Incomoda ficar toda hora pensando em sair da zona de rebaixamento. Não vou projetar em pontos, mas acho que eu ficaria muito feliz se estivermos entre os 10 primeiros da tabela. Quando virar o turno, pretendo estar entre os 10. Aí as coisas vão começar a mudar

- É difícil para eles (São Paulo) também. Já joguei lá e sei como é. Quando não se conquista os resultados dentro de casa, quando o futebol não está sendo bem apresentado, a torcida começa a se irritar. Tudo vira uma bola de neve. Estamos parecidos nesse sentido de pressão. Eles estão com o pensamento de ganhar, assim como nós. Vai ter muita vontade dos dois lados. 

Eu vou ter fé em você Rodrigo, mas não estou confiante 100%. Nosso próximo adversário é o São Paulo em Brasília (próxima quarta) e ja estou vendo que Roth está inserindo volantes para tudo o que é lado. 

Esperando resultados positivos (e que venha o respeito, namoral)

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.