Vasco vence mais uma e agora pegará velho freguês como adversário

Antes de mais nada, velho freguês sim! 

Time que usufrui de arbitragem para ganhar seu rival, não pode se ter respeito. Ainda mais, de um que ficou seis anos sem saber o que é vencer o Vasco. 

Tirando as indiretas de lado, volto meu papo aos vascaínos locais.

Não preciso nem falar do jogo em si, todos nós vimos como o Vasco progrediu desde a vinda do Milton Mendes. É um time bem mais tático, organizado, que tem tudo para crescer em clássicos. No ano passado éramos o rei deles, mas neste ano, não vencemos um. 

Na era Milton Mendes, foi apenas um empate, então, confiança, pessoal.


Não entendo a sina que Pikachu tem de ser lateral, segundo uma rede de TV, o mesmo, afirmou que não pretende ser meio-campista e que disputará a vaga. Ao meu ver, era melhor deixar do jeito que está, pois está não só ajudando o time ofensivamente,como também, fazendo gols. Me diga, qual jogador do Vasco atualmente tem uma marca dessas? Três gols em três jogos!


Pode parecer pouco, mas não temos isso nos atacantes que temos. Luiz Fabiano, esperança na ponta, ainda está recuperando o ritmo. Mesmo fora de forma ao nosso ver, ele tem atuado bem, junto de Kelvin, que tem ajudado o clube naquilo que o mesmo tinha perdido a vários anos atrás: a agressividade. 

Desde que montei este blog, em 2014, só relatei jogos de um time morto, lento e fraco. Dito dois rebaixamentos em tão pouco tempo de site. Sendo que um só já era o suficiente. A má fase do Gigante da Colina o transformaram em um time de 'segunda categoria'. 

Infelizmente, foi isso que aconteceu. Por isso, esperamos por dias melhores. 

Tudo mudou quando o Vasco, outrora tinha vencido o último campeonato em 2011, superou-se e conquistou o campeonato estadual após 11 anos, o que despertou o magoado coração da torcida. Os anos passaram, jogadores que pareciam ser promissores (como Kleber Gladiador e Jorge Henrique) nos engaram e mais uma vez, nos tornamos alvos de chacota devido a má administração.

Ganhar o campeonato nacional é o único jeito de recuperar o respeito.

Só que não é fácil, ainda mais, em um torneio que o Vasco voltou da série B apenas para cair no mesmo buraco no ano seguinte. 

A sorte foi que o destino nos honrou com o time deste ano, mais forte que o dos anos anteriores. Ainda incompleto, mas que tem o suficiente para irmos longe, isso, se for dado para alguém competente.

O estadual 2017 está chegando ao fim, e como em 1994, temos mais uma vez, de sermos tri-campeões cariocas. Por isso, vencer este título é mais importante dos dois anteriores, como também, será o estopim para a melhor campanha dos últimos anos no brasileiro, já que tem que ser objetivo do clube, ganhar o campeonato nacional, para que o respeito finalmente volte. 

Eu acredito no título brasileiro deste ano.

Nos próximos jogos, teremos apenas decisões. A primeira, contra o projeto de rival em um jogo único, com a vantagem do empate. 

Eu quero é vencer! Quero zoar.

Seu meu computador voltar da loja, prometo que faço aqueles vídeos zoando o Flamengo que a galera gosta, se chegar, pode apostar que teremos uma produção nova. 

Enquanto isso, vamos ficar na torcida, nos preparando para o final do estadual, torneio que temos prioridade, já que Cristóvão eliminou o Vasco precocemente na Copa do Brasil. O que nos permitiu um foco bem maior do que Fluminense, Botafogo e rouba nego, já que uns tem Libertadores e outros tem Sulamericana, para se preocuparem.

Isso é o que eu tinha para falar hoje, que comecem as decisões!

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.