Vasco entre a decepção e a esperança

Bom dia, caros vascaínos do blog.

Estava muito ansioso por este jogo, mas não pude assistir a maior parte dele.

Logo hoje, tiveram que tirar-me do meu reduto para comparecer a um evento familiar. Assim que me preparava para sair (puto) de casa, o Vasco já levou dois gols em sequência.

Queria que terminasse logo, mas não poderia dizer pro meu pai (que não vive conosco) que não queria participar pra ver jogo do Vasco, isso até valeria se ele fosse cruzmaltino também.

O Vasco até onde eu vi, estava bem disposto. Marcando muito bem, e a torcida, por consequência, apoiava. Vila Belmiro se transformou em São Januário por uns momentos, até que por falha na marcação, o Santos abriu o marcador e logo fizeram mais um.

Não sei você, mas eu fiquei com muita raiva do time hoje. Os mesmos que alegam que o principal título da temporada seria a própria Copa do Brasil, estava levando um chocolate no primeiro jogo, o que praticamente se tornava uma eliminação precoce (pelo menos, se o Vasco tivesse atacantes ou marcasse muitos gols por jogo).

Foi por isso que eu disse que gostaria de decidir em São Januário contra o Santos, hoje mesmo foi uma prova disso. O jogo tava equilibrado, até acontecer o que aconteceu. Quando eu voltei a assistir o jogo, lá pelos 38 minutos, era notável a situação.

O que eu achei engraçado, foi aquele tal de Elano, que tava dando uma de técnico, apoiando seus colegas, foi querer se meter com a torcida do Vasco, que estava ofendendo Jorginho pelo péssimo desempenho do time na partida. O cara chega e fala pra torcida: "Fizemos 3 a zero no SEU TIME, MAIS RESPEITO POR FAVOR"
Isso é a arrogância de um jogador desse naipe, pra mim, isso significa: "respeita, somos elite, time de série A". Foi isso que eu entendi, pelo menos. Ainda bem, que no final do jogo, Eder Luiz (um cara que eu por mim, já tava fora da equipe pelos últimos gols perdidos), finalmente rendeu e colocou o Vasco na disputa. Aí sim, agradeço a ele por finalmente, acertar.

Se não fosse por esse gol da esperança, o clube já taria praticamente eliminado da Copa do Brasil, definitivamente, a esperança é a última que morre.

Na semana que vem, veremos a continuação desta saga. Se Éder não tivesse feito esse "gol salvador", o Vasco teria que fazer 3 gols para ir para pênaltis. Agora, uma vitória por dois gols (sem tomar gol), garante a vaga para a segunda fase, devido ao gol fora de casa, a qual, o jogador do Vasco fez.

A torcida deve apoiar, com certeza. Eurico Miranda deve fazer alguma preparação maluca para que  time não se desligue neste jogo, pois, acredito eu, ele quer a Copa do Brasil para ver se apaga a mancha do terceiro rebaixamento. 

Veremos o que vai rola na quarta-feira que vem!

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.