Fora do Fifa 16, Flamengo agora processa EAGAMES

Antes de falar do ocorrido, uma aula rápida sobre games. 

Na indústria de jogos, duas empresas disputam o público, acerca de jogos de futebol. Donas das marcas mais fortes do mercado, traziam ao público, a experiência mais dinâmica do jogo visto na TV. Os jogadores controlam times verdadeiros, incluindo os jogadores das atuais temporadas. Por isso, para se colocar um Flamengo no jogo, é preciso pagar pelos seus direitos.

As duas empresas, no caso, são a japonesa Konami e a americana EAGAMES, respectivamente as produtoras de PES (PRO EVOLUTION SOCCER) e FIFA. 

Todo ano, esses jogos são lançados com planteis dos times atualizados, incluindo uniforme, nome e imagem do jogador, etc. Os times brasileiros da série A são geralmente licenciados para fazerem parte da liga brasileira destes jogos, sendo adversários ou opções de escolha como clubes até em outras partes do mundo, já que o jogo tem alcance mundial. 


E porque o Flamengo está processando a EA? Parece piada, principalmente porque os próprios fizeram acordo com a Konami para serem excluídos do Fifa para serem exclusivos no jogo rival. Agora, querem processar a empresa pelo roubo negro não estar no fifa, é sério isso?

Segundo o projeto de rival, a produtora não pagou o que devia desses direitos ao clube em 2011 (caraca, véio! Porque não reclamaram em 2012, 2013, 2014 ou 2015?) essa merda tá parecendo o "équiça". Processar uma empresa por causa de 85.000, é tipo coisa de Flamengo mesmo! 

Leia a matéria abaixo para mais detalhes:

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.