Título da Taça Libertadores 1998


Acreditava-se que o título de 1998 era o primeiro da Libertadores, até ser reconhecido o título de 1948 da Copa Sul Americana dos Campeões, como diz a matéria: 

O Vasco também possui dois títulos mundiais, veja sobre isso em Vascão: Bi Campeão Mundial.

A Trajetória
Nosso time ganhou a vaga da Libertadores ao vencer o Campeonato Brasileiro de 1997. Sobre isso, veja em Título Brasileiro de 1997 . 

Na primeira fase, jogou no Grupo 2 que era formado por Grêmio, Vasco, América (do México) e Guadalajara (também do México). Na classificação final, o Grêmio ficou em primeiro e nós em segundo.
  • Chegando as oitavas de final, nosso adversário foi o Cruzeiro, cujo vencemos o primeiro jogo por 2x1 e empatamos em 0x0. 
  • Nas quartas de final, nosso adversário foi o Grêmio. O primeiro jogo ficou empatado em 1x1 e no segundo vencemos com uma vitória por 1x0.
  • Nas semifinais, que foi o jogo mais emocionante do torneio, foi contra o time argentino River Plate. Era uma final prolongada, pois os dois times acreditavam que quem vencesse levaria o título. Tudo por causa do adversário que parecia ser uma "zebra". No primeiro jogo, vencemos de 1x0 e empatamos o segundo por 1x1 e isso nos levou a grande final.
  • Como era esperado, o Barcelona de Guayaquil não era tão forte assim. Vencemos as duas partidas (a primeira por 2x0 e a segunda por 2x1) e levamos o caneco. Conquistamos as Américas sem perder nenhum jogo!
Vasco x River
Foi a grande partida do torneio...  dali surgiu o gol de empate lendário de Juninho Pernambucano em pleno Monumental que é cantado pela torcida até hoje. Sei que você conhece essa música, mas pode conferir ela e um pouco mais em Um pouco sobre São Januário, um pouco sobre Vasco. Abaixo, você confere o fim da partida e a classificação do Vasco para a grande final (no ano de seu centenário).



Luizão e Juninho Relembram a Libertadores
Uma matéria feita pela ESPN com os jogadores Luizão e Juninho sobre a conquista em 1998, em homenagem a volta do Vasco ao torneio, que na época tinha ficado 11 anos fora. Juninho também fala sobre o lendário gol de falta em cima do River e ainda canta a música que é em sua homenagem.



Comemorando na frente do barraco do Flamerda
Matéria exibida no Jornal Nacional onde mostra nosso Vascão indo comemorar na frente do barraco do Flamengo...  além de outras coisas interessantes da época, vale a pena assistir.


Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.