O que dizer após uma derrota dessa pro Palmeiras na abertura do Brasileiro

Olá, caros amigos vascaínos da página. Desde a postagem da derrota sofrida pelo Fluminense, não estava movimentando o blog, pelos motivos já ditos na postagem; Pois bem, voltamos após um breve período de férias e pegamos logo o Palmeiras, fora de casa, na abertura do brasileiro. Na ocasião, assisti o jogo com meu irmão tricolor e dois mulambos (um primo e um amigo). Que, apesar da derrota, não fiquei tão chateado assim.

Alguma coisa está estranha nesse brasileiro, ou pelo menos, podem ter alguns homens por trás, para simplesmente, rebaixar o Vasco. Começar o campeonato com o atual campeão brasileiro, tem a intenção clara, de destabilizar o clube internamente. Causando o resultado como aconteceu hoje e posteriormente, com a ajuda da mídia, pressionar o clube afim de diminuir seu desempenho.

Está certo, que nosso time não está 100% numa hora que já devia estar montado. Também, em relação ao jogo, o Vasco atuou até que bem, sendo prejudicado por causa do pênalti cometido por Jomar, cujo eu fiquei tão puto com ele, que coloco a derrota sob sua responsabilidade.

Dos quatro gols sofridos, dois foram de pênalti causado pelo próprio jogador, na qual, quase aplicou um gol contra através de um lance que quase enganou o próprio Martín. Antes do segundo tempo, o Vasco estava equilibrando a partida, chegando a até por bola na trave. Dava para empatar sim, só que a coisa acabou de vez, quando no primeiro lance do segundo tempo, ninguém estava marcando e deu no que deu. O que nos leva a pensar, que após a atual surra, o Vasco não tinha atuado tão mal. Afinal, três dos gols sofridos, foram por falhas daquele zagueiro que estava no mundo da lua.

Tirando a parte ruim do jogo, encontramos Luiz Fabiano bem disposto e se não fosse substituído, por Kelvin (que entrou e não fez praticamente nada) poderia até ter marcado gol de honra; Nenê ainda estava apagado, mas pra mim, não estava jogando mal. Muitos podem até criticar o treinador, que apresentou um novo modelo de jogo, que graças as péssimas atuações de Jomar, pode ser mal interpretado pelos modinhas!

Repetindo: Eu confio no Vasco e no treinador. O que mexeu com o jogo, foram as atuações de Jomar, que deverá ficar no banco ou receber apoio dos companheiros; Pelo que eu fiquei sabendo, estão contratando pessoal na zaga, problema que deve ser resolvido em breve.

Meu destaque vai para Douglas, o melhor em campo do lado do Vasco. Ele só não teve sorte no lance, na qual, colocou a bola na trave. Mas é o início dele no profissional, seu primeiro campeonato brasileiro, por isso, não precisam pegar no pé dele; Para encerrar, eu acredito que esse Vasco vai surpreender no Brasileiro, que não vai disputar para não cair, apesar de toda a pressão da mídia em cima da marca. Mas, também não acredito que nosso clube será campeão neste ano, a menos, que comece a vencer e se empolgar.

O próximo jogo agora é contra o Bahia, em casa, time que aplicou 6x2 no time reversa do Atlético Paranaense e virá com tudo. Nossa missão, é vencer o Bahia e se preparar para esculhachar o Fluminense, que parecem estar cheio de marra. Durante a partida, meu irmão gêmeo ficou enchendo o saco como se o Vasco fosse um clube ruim, só porque venceu nosso time duas vezes por goleadas. "Ah, o Vasco levou tantas goleadas esse ano" - o pessoal esquece que é apenas o começo. Eu acredito no Vasco porque com um time pior, quase escapou da série B em 2015.

Temos muito a melhorar, e o fato de pegar o time mais forte do torneio, podemos ver nosso pontos fortes e fracos. Boa semana a todos!

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.