Vascaíno entra na sala de troféus do Flamengo a procura das seis taças e comprova que ela não existe

Para os retardados que insistem em dizer "cheirinho de hetpa", saiba, vacilão - que esse sexto título não existe. 

Para encerrar o caso, um vascaíno que eu não sei o nome, teve a coragem de visitar a sede do saco de pancadas do Vasco e procurar em sua sala de troféus, as seis taças correspondentes do campeonato brasileiro, já que eles alegam que possuem seis títulos.

Além de não encontrar, nosso amigo fez ainda questão de esclarecer que a sede do Flamengo foi um terreno cedido pela prefeitura, da qual, nem isso o Flamengo tem posse; Diferente de São Januário, que foi comprado e construído pelas doações dos vascaínos quando o mesmo Flamengo e os demais clubes afirmavam que nosso time não tinha casa.

Parabéns ao mito, que comprovou o que todo mundo sabia. Só quero ver a cara da torcida esquizofrênica ao saber dessa informação!

Créditos a Página Lanterna do Estadual, por postar.

15 comentários:

  1. Sou flamenguista e achei foda oque esse vascaíno fez kkkkkkk aloprou legal kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu é fresco seu viado
      Você nunca será um Rubro negro

      Excluir
  2. Esse é o cara não tem medo de se tornar um leproso

    ResponderExcluir
  3. Devem ter vendido pra pagar com algum juiz pra roubar pra ver se eles ganham alguma coisa

    ResponderExcluir
  4. BRASILEIRO DE 1987 É DO SPORT CLUBE RECIFE ....CHUPA FLAMENGO URUBU PODRE...............

    ResponderExcluir
  5. Esse vascaíno é um homem de muita coragem , entrou na merda se sujou todo , para mostra aos merdas quem eles são , são nada , kkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Que cara artista kk rir mto kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Muita coragem dele fazer um vídeo desse, para zoação maneiro, o problema e esse cara um dia ser reconhecido por torcida organizada, ae é game over para ele.

    ResponderExcluir
  8. O Campeonato Brasileiro de 1986 seria disputado por 44 equipes e mais 4 que iriam “subir” da segunda divisão entre as duas fases iniciais.

    O Conselho Nacional de Desportos, antigo CND, tinha a intenção de reduzir o número de participantes da primeira divisão do campeonato brasileiro. Ao lado da CBF estabeleceu que o campeonato de 1986 seria classificatório para o de 1987, quando 24 equipes participariam do mesmo.

    O regulamento original de 1986 estabelecia que da primeira para a segunda fase 32 equipes se classificariam.

    – As 6 primeiras colocadas de cada um dos 4 grupos formados por 11 equipes. (24)

    – As 4 com melhores campanhas, entre as eliminadas. (4)

    – A campeã de cada um dos 4 grupos do Torneio Paralelo, Segunda Divisão (4)

    Na Segunda Fase, as 24 melhores colocadas fariam parte da primeira divisão do Brasileiro de 1987.

    No entanto, ainda na primeira fase, o Vasco da Gama, que corria risco de não se classificar para a fase seguinte entrou com um processo junto a Justiça Comum para anular a decisão do STJD que tinha atribuído 2 pontos ao Joinville, do jogo entre a equipe catarinense e o Sergipe que tinha acabado 1 a 1 em 29 de setembro de 1986. O STJD tinha tomado esta decisão por conta de um caso de doping de Carlos Alberto, jogador sergipano.

    O Joinville recorreu da decisão, e reconquistou os pontos.

    A decisão acabou por voltar contra a Portuguesa, que tinha um processo da Justiça Comum, por conta de uma questão que envolvia a venda de ingressos.

    A Lusa chegou a ser eliminada.

    Foi a vez das equipes paulistas se unirem a causa da Portuguesa e ameaçarem sair do campeonato.

    A CBF decidiu mudar o regulamento, e classificou mais quatro equipes, Vasco da Gama, Náutico, Santa Cruz e Sobradinho.

    Agora a Segunda Fase teria 36 equipes, 4 a mais que o regulamento original definia.

    Além disso, ficou definido o aumento para 28 no número de classificados para o campeonato nacional da primeira divisão de 1987, 4 a mais que o regulamento original.

    Se esta segunda versão do regulamento tivesse sido obedecida, as 28 equipes que disputariam a Primeira Divisão do Campeonato Brasileiro seriam:

    Atlético – GO, Atlético – MG, Atlético – PR, América – RJ, Bahia, Bangu, Ceará, Corinthians, Criciúma, Cruzeiro, CSA, Goiás, Grêmio, Guarani, Flamengo, Fluminense, Internacional – RS, Internacional – SP, Joinville, Náutico, Palmeiras, Portuguesa, Rio Branco – ES, Santa Cruz, Santos, São Paulo, Treze e Vasco da Gama.

    No entanto, em 1987, a criação do Clube dos 13 e a realização da Copa União, tiraram da principal competição nacional de 1987 as seguintes equipes, no meu entendimento, as maiores prejudicadas.

    Atlético – GO, Atlético – PR, América – RJ, Bangu, Ceará, Criciúma, CSA, Guarani, Internacional – SP, Joinville, Náutico, Portuguesa, Rio Branco – ES e Treze.

    Dentre estas 14 equipes, apenas o América – RJ, por se sentir prejudicado, se recusou a participar do campeonato organizado pela CBF em 1987, o chamado Módulo Amarelo

    O Clube dos Treze resgatou, em 1987, duas equipes que deveriam participar da Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro daquele ano, no caso, as maiores beneficiadas: Botafogo – RJ e Coritiba.

    Ao organizar o Módulo Amarelo, a CBF resgatou para o que ela considerou como também sendo da Primeira Divisão, duas equipes que deveriam participar da Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro de 1987, são elas: Sport e Vitória – BA.

    Se a CBF tivesse utilizado como critério completar o Módulo Amarelo com as equipes classificadas imediatamente depois daquelas que já tinham conseguido a vaga no campo, elas seriam o Vitória – BA, que foi realmente chamado, e a Ponte Preta, outra prejudicada que acabou tendo que disputar o Módulo Azul, uma espécie de Terceira Divisão do Brasileiro. Lembrando que o critério anterior era “chamar” as equipes com melhores campanhas na Segunda Fase do Brasileiro de 1986.

    Isto é, o Sport sequer estaria presente no Módulo Amarelo em 1987, sendo assim, outro grande beneficiado pela Virada de Mesa.

    ResponderExcluir
  9. O Brasil foi campeão da copa de 70? E cade a taça?

    ResponderExcluir
  10. Meu Deus, cara! Que pergunta tola. Todo mundo sabe que a taça foi roubada e derretida...

    "Em 20 de dezembro de 1983 o troféu foi roubado, e alguns dias depois a imprensa noticiava, com assombro, que o mais importante símbolo das conquistas futebolísticas do Brasil havia sido derretido."

    Não vem mulambizar o blog não, por favor!

    ResponderExcluir
  11. os flavice devem ter vendido pra pagar a luz..kkkkk

    ResponderExcluir
  12. Vim ver apenas os comentários...kkkkk

    Mulambada xora

    ResponderExcluir

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.