Eurico Miranda ignora pressão e NÃO FAZ MUDANÇA NENHUMA

Só digo uma coisa: Eurico Miranda é maluco, só isso. Não passou nem um dia de um dos maiores vexames vascaínos na história do campeonato brasileiro, para nosso "presidente" mostrar que o que ele quer realmente para o Vasco, a série B.

A história é a seguinte: o Vasco que procura uma recuperação no torneio para se safar de um terceiro rebaixamento em 8 anos, levou a maior goleada de sua história na competição (acredito eu!). Assim, como a pressão já era alta, a torcida já queria arrancar o couro do presidente incompetente. O circo estava pegando fogo de uma tal maneira, que parte da diretoria e alguns conselheiros tentaram convencer Eurico Miranda a mudar o futebol da equipe, pra ver, se assim pelo menos o time se salva. 

Após insistir com Celso Roth mesmo depois que a torcida quase arrancou seu couro na chegada ao Rio (veja o vídeo em Torcida pega no pé de Celso Roth na chegada ao Rio) após muita expectativa de uma demissão certa, o dirigente ainda desafiou os cruz-maltinos dizendo: "Qual o problema?" (o problema logo apareceu quando o time perdeu no jogo seguinte, em casa, no Maracanã, para o Coritiba - adversário direto para se safar da série B).

A mudança seria a demissão de José Luiz Moreira (vice de futebol) e do gerente Paulo Angione. Numa reunião entre o presidente Eurico, Jorginho e Zinho - foi decidido permanecer tudo do jeito que está até o jogo contra o Atlético-MG, no Maracanã neste próximo sábado.

Na minha opinião, não estou mais animado com esse time não. Eu nem vi o segundo tempo daquele último vexame e depois de uma série b 2014 horrorosa, não esperava que a nova direção fosse tão imbecil ao ponto de não reconhecer o quão incompetente são. Eu não sou otário, não vou ficar aqui chorando e aguentando zoação de "rival" que nem consegue nos vencer em campo enquanto o presidente do meu clube está lá, comprando carro na concessionária na maior cara de pau (como vi hoje no Facebook, como se nada tivesse acontecido).

Se eu fosse sócio do clube, e tivesse votado nesse cara (porque na época, se fosse sócio, votaria) - eu teria um arrependimento sem igual. Bola pra frente... veremos se algo de bom ainda reserva para a gente nesse final de ano.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.