CBF quer usar imagens de TV para evitar erros de arbitragem

Como diz a galera do time "rival": Acabou o caô!

Segundo o site Extra, a CBF divulgou em seu site oficial, uma nota da qual pedirá a FIFA para que autorize o uso das imagens de TV, para auxiliar os árbitros no campeonato Brasileiro 2016. 

Se aprovado, times como Flamengo perderão sua força de campo (veja o vídeo abaixo). O projeto funciona da seguinte maneira, existirá um árbitro responsável pelas imagens (praticamente um quinto árbitro). Sua função é verificar os replays dos lances e repassar ao juiz, corrigindo-o se ele fizer alguma merda.


O árbitro de vídeo (assim como ele é chamado), tem a função atuar quando:

  1. Dúvida se a bola entrou ou não no gol;
  2. Saídas da bola pela linha de meta, quando na mesma jogada ou contexto for marcado gol ou pênalti;
  3. Definição do local de tiros livres diretos, ocorridos nos limites da grande área, para definir se houve ou não pênalti;
  4. Gols e pênaltis marcados, possibilitados e evitados em razão de erro em lances de faltas claras/indiscutíveis, não vistas ou marcadas de modo claramente equivocado
  5. Impedimentos por interferência no jogo, caso na mesma jogada haja gol ou pênalti;
  6. Jogo brusco grave ou agressão física (conduta violenta) indiscutíveis não vistos ou mal decididos pela arbitragem;
- Sabemos que é impossível a seres humanos atingir o índice de erro zero na arbitragem. Por isso, considerando a solicitação dos clubes, a CBF pleiteará junto à Fifa a aprovação do uso de imagens da TV para auxiliar os árbitros. Queremos que o Brasil tome a liderança no processo de introdução da tecnologia no futebol e que sirva de referência para outros campeonatos no mundo
Marco Polo Del Nero, presidente da CBF

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.