Após vexame dentro de casa, torcida grita Fora Eurico

Gritam com razão. Não é de hoje que o senhor presidente do Vasco tenha tirado do sério os próprios torcedores. Após vir para o clube prometendo um time competitivo, em pleno 2016, mostra-se uma equipe tão abaixo do padrão como na era Dinamite. A certeza disso, seria a falta de empenho no momento em que o time mais precisa: o final da série B.

Também estou irritado. Um título que era praticamente nosso, escapar nas mãos por causa de jogador de 1,99. O que nos leva aquela zoeira dos rivais sobre o vice, mancha que o Vasco começou a apagar, mas parece que está retornando.

O que me deixa puto, é ver a cada jogo, um time morto e preguiçoso, bem diferente daquele Vasco que contemplei quando comecei a acompanhar futebol. Agora, estamos a QUATRO PONTOS de diferença do líder da competição, o que abaixa e muito, as chances de título (e com isso, menor receita no fim do ano).

Sabendo disso e ainda vendo um time morto em campo, da qual, não acertava nem o gol. Os vascaínos presentes começaram a grita fora Eurico além de gritos de olé para cada toque do adversário.

"Não existe pressão" - era o que o presidente declarou dias antes do jogo, mas suas palavras não foram convincentes no início do segundo tempo.

O time jogou nada na primeira etapa e PIOROU na etapa seguinte. O que cria outra imagem ao Vasco: clube de série A incapaz de superar os times da segunda divisão, criando a sina de que ao ser rebaixado, não é capaz de ser campeão com folga diante dos adversários mais fracos.

Não vou nem entrar no mérito de criticar os jogadores e a diretoria. Todo mundo sabe o que está errado nesse time!

Eurico está usando a mesma receita do antigo presidente e está matando o Vasco, que atualmente na minha opinião, é a era dos gols magros (ô time que não sabe marcar gol, quando se perde por 2x0 como hoje, nem o torcedor acredita mais na virada).

Depois de perder o jogo inteiro, esse Vasco ainda tem a cara de pau de marcar gol aos 48 minutos. Como o jogo iria até 50, ainda tivemos uma esperança de empate, mas foi só isso.

Apesar que por ser um time de menor expressão, o CRB deu trabalho ao Vasco neste ano. No confronto da primeira rodada da série B, 2x1 para o clube de São Januário com direito a pênalti defendido por Martín Silva aos 46 minutos. O que é uma vergonha para o Vasco. Mas, enquanto um time abre as pernas, o outro dá sangue e vence no que ainda acreditam, que o adversário é mais forte.

Bom domingo a todos, já que o Vasco destruiu nosso sábado.11

Um comentário:

  1. ja falei alguns jogos atras que esse timinho teria que ser desmanchado o quanto antes , mas parece que alguns vascainos se iludem facil demais....

    ResponderExcluir

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.