Eurico nega voo fretado com jogador do Flamengo

Martín Silva e Guerrero estavam em Montivideo, pelas eliminatórias da Copa do Mundo. Para que o goleiro do Vasco pudesse disputar o clássico contra o Flamengo em Brasília, a diretoria pagou 100.000 reais em um jatinho particular. 

A parte engraçada da história vem agora: O Flamengo queria rachar a metade do preço para que no mesmo avião pudesse levar Guerrero. Resultado: Eurico impediu e o jogador do Flamengo teve que ir numa condução mais barata.

Por causa disso, Martín chegou de Madrugada e o atacante do Flamengo, que veio de voo comercial, desembarcou por volta das 11 da manhã (quase meio-dia), muito cansado (acredito eu). 

Disso é o que eu gosto em Eurico Miranda. O Vasco não pode ter nenhum tipo de comunhão com o Flamengo, não importa no que seja. 

Eu ri com isso, mas espero rir muito mais hoje a noite, porque de todos os clássicos, o único que eu não suporto perder é pro Flamengo.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.