Título do Torneio Rio-São Paulo 1999

O Rio-São Paulo era um pequeno torneio onde os quatro grandes do Rio (Vasco, Fluminente, Botafogo e Flabosta) encaravam os quatro grandes de Sampa (São Paulo, Santos, Palmeiras e Corinthians). Uma opção mais interessante do que enfrentar times pequenos nos seus estaduais para encarar seus próprios rivais.

Nesse ano, lembro-me da minha adolescência (sim, eu fui um vascaíno feliz nesse período - assisti o Vasco ganhar torneios importantes, como dois brasileiros, um Rio São Paulo, um Estadual e outros).

Nessa época, o clube não tinha a tal fama de vices e também comecei a ser afetado por isso. Me lembro que o ao começar o torneio, estava com amigos que me apresentaram um jornal com um desenho mostrando os "mascotes" de cadaa clube, iniciando aquela típica conversa de garotos sobre futebol. 

Mais tarde, minha memória parte para a partida final, onde foi a única vez que comemorei um título na casa de outro. Decidi assistir a partida contra o Santos na casa do meu avô tricolor, lá, um primo meu que também era vascaíno junto com meu irmão (também tricolor) fomos torcer.

Lembro da reação histérica que tivemos quando Juninho acertou aquele gol de falta (e na semana seguinte, com outro gol de maneira normal). Coisas que me deixam com sentimento nostálgico, principalmente por ter coisas como essa para dizer pros meus filhos e que espero que se repitam...

Sobre a Edição de 1999 do Torneio
O campeonato estava já em sua 22ª. Os oito times se dividiam em dois grupos, sendo que os dois melhores colocados, fariam as semifinais (bem parecido com o regulamento do campeonato carioca atualmente) com jogos de ida e volta. Bem simples, não é mesmo? 

Sobre a final do torneio, o primeiro jogo foi no Maracanã e o segundo, no estádio do Morumbi. Assim, o Vasco conquistaria o tri campeonato da competição! 

Veja abaixo, os gols dos dois jogos da final... Deixos os créditos ao canal CRVG Multimidia, um dos melhores canais sobre a história dos registros do Vasco!


(se o vídeo não abrir, é só fechar a propaganda que ele carrega)

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.