Aos gritos de olé, Vasco elimina Flamengo em Manaus

Assim como o ano passado, mais uma vez o Vasco elimina seu saco de pancadas. 

Vou ser sincero com você, desta vez, fiquei muito nervoso em relação a partida de hoje. 

Achei que o lixo da Gávea iria fazer uma grande partida contra nossa equipe, que seria "pau a pau" - tudo porque no último jogo, o Flamengo jogou melhor.

Tá certo que nesta última partida, o Vasco estava jogando mal, mas se recuperou ao vencer o Fluminense e conquistar a Taça Guanabara 2016 (coisa que não ganhava desde 2003!).

Sem delongas, vamos comentar sobre a partida com conteúdo extra que vocês gostam. Para começar, vamos primeiro ouvir a opinião de uma pessoa que entende do assunto, a Nivinha Fla. Sempre quando o Vasco ganha do Flamengo, eu sou obrigado a assistir e quase sempre posto aqui no blog. Como não é diferente, vamos assistir o que tem a dizer a nossa amiga:


Ontem, postei uma imagem do Marcelo Cirino na página do Facebook do blog, nela, encontrava-se o "craque, a estrela máxima do futebol brasileiro" segurando bacalhau. A descrição dizia que o jogador escolheu seu "almoço de domingo". (Veja só como são retardados, não ganham o Vasco desde o descobrimento de Pedro Álvares Cabral e ainda se acham time digno de poder zoar). Dali, que eu vi que eles iriam afrouxar.

Já em Manaus, local da partida. A mulambada local lotou o estádio, ocupando segundo a rede Globo, 2/3 do público. Com certeza, os presentes estavam ali para destruir o mito de que em Manaus, a torcida do Vasco é a maioria. 

Antes de começar o jogo, os jogadores do saco de pancadas, entraram como se fossem pra guerra até o meio de campo e colocaram uma bandeira. Bom, eu não vi isso, acredito no que os caras da Globo falaram. Ao meu ver, aquilo foi uma provocação do clube tipo "dominamos Manaus" ou algo do tipo - pensando que isso mudaria o resultado da partida.

Volto a insistir: pensava que o Flamengo jogaria de igual para igual com o Vasco. Mas não foi isso que aconteceu! O Vasco jogou brilhantemente, usando a psicologia e freguesia ao seu favor. Além de não cair em conversa ou provocações por parte do time que não tem casa, usaram o medo deles, a nosso favor. 

O time jogou na defesa, deixando o tempo e a pressão dominar o menguinho. Martín Silva teve que trabalhar, mas cada erro por parte da mulambada, causava ainda mais espanto, porque já esperavam que no fim, pudessem ser eliminados novamente.

O Vasco permitiu que o Flamengo pressionasse de forma impressionante, dominando o jogo de uma maneira inédita até então (pelo menos para mim). Um time que permite que o outro ataque, pressione e perca a concentração para depois matar o jogo em um contra-ataque, é brilhante, não concorda? 

O time não aplicou goleada, mas dava facadas no interior de cada jogador adversário, destruindo seu poder de reação. Cara, ISSO É BRILHANTE. FOI A MELHOR MANEIRA DE SE ADMINISTRAR UMA VANTAGEM QUE EU VI NA VIDA. Confira o resumo do jogo em forma de zueira feito pelo canal do Respeitão da Gama:

Por isso que a torcida gritava "OLÉ". Por isso que a torcida gritava: "ELIMINADO".

Eurico Miranda deu sua opinião no fim do jogo (como sempre). O presidente do Vasco tem uma teoria muito boa acerca da freguesia do dito rival.
Podemos jogar na segunda este ano, mas o respeito para eles, CONTINUA. Quem foi a Manaus, viu de perto, um show. Repare que no primeiro, o Vasco demonstrava superioridade dentro da pequena área, usufruindo de três tentativas seguidas para a conclusão.

Riascos estava um monstro, mostrando seu lado "Nenê" de ser (apesar de não demonstrar que tenha talento para drible). Espero que Eurico Miranda veja a atuação do atacante e o faça permanecer aqui, pois o nego jogou muito hoje.

Para terminar, só tenho que agradecer ao Jorginho e ao Zinho. Com certeza, eles são a melhor comissão técnica no Vasco que já vi. E olha que eu vi Antônio Lopes, que ganhou um monte de coisa e ficou três anos no cargo. 

Quando Doriva saiu ano passado, me perguntei se o Vasco teria um técnico tão bom quanto ele (falo em armar o time e sua convivência com jogadores). Mal sabia que Jorginho seria ainda melhor que o Dorivão, técnico que também está no meu coração pelo título do carioca do ano passado. Zoar o Flamengo é tão bom... confira mais uma zoeira, criada pelo canal Top 5 vascaíno, outro que sempre dá as caras aqui no blog.

Nosso adversário agora é o Botafogo, mais uma vez, mais uma final. Por mais que eu tenha estima pelo fogão, não quero nem de longe perder, ainda mais agora que completou 22 jogos de invencibilidade.

O Botafogo é a equipe mais equilibrada diante do Vasco, ou seja, é aquela que pode realmente tirar o título de nossas mãos.

Vamos ver no que dá, esperando ser campeão - uma vez que para apagar a má fama do ciclo de vices que começou no início do século, devemos ganhar títulos, sem vacilar, para assim, apagar uma mancha incômoda na história do Vasco da Gama.

Sinto-me triste só pelo fato de estar usando um pc antigo que não roda nada. Como eu gostaria de editar mais um vídeo da zoeira (como sempre faço pro blog), mas desta vez nobre, isso não será possível. Já peço desculpas pra quem esperava um vídeo de zoeira do blog.

Em contra partida, coloquei alguns de outros canais, espero que a diversão seja a mesma. Por causa da falta de computador, que o canal no youtube não está recebendo vídeos... só pra relatar, quem deu falta.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.