A maior conquista do Flamengo em 2016 é o fracasso do Vasco

Fala amigos vascaínos do blog. A semana tem sido difícil, e será assim até sábado, quando teremos a confirmação se o Vasco vai ou não vai para a série A ano que vem. Motivo, pelo qual, Eurico Miranda nos transformou em chacota a nível nacional, fazendo os torcedores do saco de pancadas do Vasco, pipocarem memes nas redes sociais.

Em um pouco mais de dois anos do blog, nunca vi tanta zueira para cima de um único clube, como foi a do sábado passado. O que os leva o tema dessa mensagem: o maior título do Flamengo em 2016, é o fracasso do Vasco.

Seis meses atrás, fiz um retrospecto (com vídeos de uma flamenguista na postagem) do início do ano, tanto de Vasco, como também, do seu rival. Tudo parecia promissor para o time de São Januário, enquanto o seu perseguidor, uma era de trevas. 

O ano passou, e o jogo virou... pelo menos, para um dos times. 

Enquanto a campanha rubro-negra, apesar de instável, não rendeu um bom ano. A do Vasco seguiu um curso bizarro: liderou uma competição por mais da metade das rodadas; passou por uma invencibilidade de 34 jogos e foi campeão estadual invicto.

Venho falar para vocês, que estou com medo das reações que possam vir no próximo sábado. Talvez decretaríamos o fim do Vasco temporariamente, enquanto nosso rival, iria as forras com mais um vexame. 

Essa postagem tem o intuito de aceitar toda essa zoeira que estão fazendo com o Vasco (sim! eu estou suportando de boa), mas, mesmo assim, quero dizer aos amigos flamenguistas que visitam meu blog que, por mais que seu time de bosta esteja bem encaminhado, seu título em 2015/2016 é o fracasso do Vasco.


Enquanto perdemos para times como Náutico, Paysandu, Vila Nova e compania. Vocês, nobre torcedores do time pobre do Estado, não tiveram capacidade alguma de superar o Vasco, sendo eliminados nas duas vezes que encontraram o time de São Januário.

Como torcedor, estou tranquilo, estou suportando as dores de uma cruz que parece não ter fim, mas pelo outro lado, entendo que não há flamenguista, tricolor ou botafoguense na terra ou no céu, que tenha moral para me zoar: afinal, tem um bom tempo que não perdemos clássicos... acho que a última vez foi contra o Fluminense em 2015, quando na ocasião, Eurico nos levou para a segunda divisão...

É isso rapazes, podem secar! Mas já sabem, ir para a Libertadores não é título. Se há alguma coisa para comemorar esse ano, infelizmente para nós, é a permanência do Vasco na série B, coisa que é bem certa de acontecer, já que nas últimas partidas dos períodos anteriores da segunda divisão, caímos por terra.

Que Deus tenha dó do Vasco.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.