O que esperar das novas contratações

Boa tarde, vascaínos da plantão. Hoje como eu posso dedicar-me ao blog, posso falar sobre alguns assuntos. O primeiro, é sobre o jogo contra o Criciúma.Vamos começar relembrando os melhores momentos da partida de maneira cômica, no vídeo feito pelo canal Respeitão da Gama.


Não consegui nem ver os melhores momentos, mas parece (pelas primeiras impressões), que esse Ederson vai render bons frutos. Enquanto isso, Riascos fica a mercê das negociações para sua volta ao clube, já que não poderá atuar em outros times este ano a não ser o Vasco da Gama ou o Cruzeiro (dono do seu passe).

Na minha opinião, se for nas condições da diretoria, seria bom se Riascos viesse para cá.

Enquanto isso, os novos reforços tem feito a diferença em relação com a torcida. Ederson já chegou fazendo o que Jorge Henrique não fez a princípio, enquanto Junior Dutra (cujo só soube do nome, mas sinceramente, por estar distante dos jogos e notícias do Vasco, não faço a mínima ideia de sua posição.) vieram para melhorar e MUITO a qualidade técnica do time.


Ainda não tenho uma definição de time ideal ao Vasco, mas nas laterais, prefiro que Pikachu fique no lugar do Madson. Tirando a presença de Nenê, Martín, Rodrigo, Luan, Andrezinho, o restante prefiro que o técnico escolha o que é melhor pra equipe. Vi o Vasco mudar de formação muitas vezes, por isso, acho melhor não ter a preferência de um time ideal, apenas falei dos jogadores que consideraria titulares fixos.

Sobre os reforços, eu espero que eles preenchem essa vaga. Até porque, por mais que tenham vencido o último jogo, a vitória foi por um placar um pouco apertado. A equipe não era a mesma que iniciou a série B, porém, tudo pode mudar pra melhor. Lembra que no início do ano, o Vasco só prometeu fazer duas contratações e deixava o resto todo pra base? Isso mudou assim que vieram os resultados negativos. 

Agora, que o clube visa a encontrar seu caminho, e também manter uma base fixa para os próximos anos, visando títulos maiores como brasileiro e libertadores, a série B serve como uma dádiva. Sendo o perfil ideal para se montar uma equipe vitoriosa, enquanto a verdade será aplicada na Copa do Brasil, recheadas de "times de elite" (como na geração do 7x1 costume se referir).

Acredito mais do que nunca, que o Vasco será campeão da Copa do Brasil - mesmo tendo os pés no chão. Coisa que me deixou em dúvida antes da segunda partida contra o Santa Cruz. Seria o cala a boca ideal para a torcida do saco de pancadas do nosso clube, já que estão se achando muito por estarem em quinto lugar na série A aproveitando-se do poder da arbitragem.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.