Vasco vence Tigres e torcida pega no pé de Riascos

Não pude ver o primeiro tempo do jogo, mas já imaginava um empate. Como o Vasco vacilou quando jogou contra a mesma equipe no carioca do ano passado, pensei logo que a novela iria se repetir.

Não pude ver a formação que Jorginho montou, mas acredito que é algo diferente daquelas vistas nos dois primeiros jogos do time no ano.

Desde que o treinador mudou a formação, o Vasco vem jogando pior. Tiveram que fazer vinte finalizações para enfim a bola entrar. (Prestem atenção nisso rapazes na próxima vez!). Porque não é louvável esperar tal atuação diante do lanterna do torneio que ainda estava com um homem a menos.



Se o adversário fosse mais forte, com certeza, sairia com a vitória.

Você pode até não concordar comigo, mas jogar contra o lanterna do estadual (até o momento), com um jogador a mais e mesmo assim não conseguir marcar, ou é falta de sorte ou (assim imagino) que o time não rendeu.

Talvez se voltasse a armação anterior, colocando o Nenê mais pra frente, daria jeito. Riascos mudou o conceito que a torcida olhava para ele graças aos gols marcados por essa formação.

Ainda falando sobre o colombiano, eu bato palmas para o grande número de torcedores modinhas que o Vasco tem. Enquanto o Riascos estava fazendo gol, era era o Deus, o máximo, o terror da grande área.

Agora que tem uns dois ou três jogos sem marcar, já começaram as páginas do Vasco no facebook (que antes enchiam o saco para elogiar), voltarem em 2015 para poder criticar o jogador. Ainda bem, que isso não aconteceu com os torcedores que estavam lá no jogo, pois gritaram o nome dele quando foi substituído.

Eu entendo que atacantes perdem gols e o colombiano perdeu algumas chances, mas nenhuma delas (pelas que vi) não eram nenhum lance "estilo Deivid". Eram apenas chances de gol, que todo mundo erra (ou acerta). O goleiro deles também estava bem, pelo menos, enquanto não estava fingindo ser lesionado para esfriar a partida. (Isso acontecia com certa frequência.)

Como Rafael Vaz (o autor do gol contra o Flamengo na partida anterior) substituiu Rodrigo (fora por causa de ter chegado ao terceiro amarelo), uma cambada de páginas do Vasco na internet já estavam falando para por o cara no ataque e tirassem Riascos.

Na boa, Rafael Vaz é zagueiro, não confundam as coisas! Quando a torcida do Vasco pede para por no ataque alguém da defesa, significa que a coisa está realmente preta quando o assunto é goleadores.

Já que o pessoal tá querendo aceitar qualquer coisa para o ataque, Jorginho pôs pra decidir a partida, aquele que chamávamos de Thallesmã. E não é que o cara marcou? Agora, pode esperar que nas redes sociais, os homens que falavam que o jogador era um bosta, estarão clamando pelo novo Deus do futebol: Thalles.

Yago Pikachu: 'Desde o primeiro tempo pressionamos'
Yago Pikachu: 'Desde o primeiro tempo pressionamos'
Publicado por Vascaínos Unidos em Sábado, 20 de fevereiro de 2016
Para terminar, Nenê recebeu o terceiro cartão amarelo e não jogará a próxima partida, mas de quebra, foi abençoado com um frango do goleiro. A qual rendeu o gol mais fácil da carreira do jogador. Agora, que venha o adversário da próxima quinta-feira, que vamos rezar, para que o Jorginho volte a posição anterior ou que faça a atual dar certo. Porque sofrer para ganhar do Tigres com um jogador a mais, não é coisa que time grande costuma fazer.

P.S: Éder Luiz foi fominha e não passou a bola para Thalles marcar o provável terceiro gol do Vasco, mas só vamos escutar os caras criticarem Riascos. Que Deus nos livre dessa geração de modinhas e torcedores bipolares.

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.