Com boa atuação, Vasco vence Atlético-PR

Depois do jogo contra o Atlético Mineiro no Maracanã, percebi uma mudança de postura no time. Jorginho acertou os pontos, tranquilizou os jogadores. Nossa recompensa foi um gol relâmpago de Julio Cezar e atuações salvadoras de Martín  Silva. 

Isso mesmo Jorjão, continue com Julio Cezar. Antes ninguém deixava o cara jogar. Essa pereba de Cristiano jogou o ano inteiro e não marcou uma vez. Além de você saber se movimentar na posição que exerce, ainda dá uma de atacante. (Madson também fez bem seu papel, apesar de toda hora a câmera mostrar sua cara de medo na TV - por que esse cara tem tanto medo mesmo vencendo o adversário por 2 x 0 em casa?). Confira os gols abaixo:


Riascão mais uma vez foi coisa de louco e a galera desceu no pé dele. Até o repórter do Premiere perguntou se isso o incomodava. Ele respondeu que não, mas deve ser muito tenso jogar com a torcida toda pegando no seu pé. (Isso acaba no dia que ele fizer gol, principalmente contra o Flamengo).

Enquanto os laterais estavam ótimos, o meio se conectou. Hoje foi a MELHOR ATUAÇÃO que eu vi do Vasco no campeonato, principalmente pelos passes que eles estavam usando.

Julio dos Santos estava com uma boa visão de jogo, mesmo que ainda eu não goste muito dele. O Vasco estava rápido, não ficava de toquinho pro lado, toquinho para trás até decidir o que fazer. Assim que tinha oportunidade, roubava da bola e partia pro ataque (algo que eu só vi no campeonato carioca esse ano). Veja a coletiva que Jorginho deu após o jogo:

Daonde veio esse Bruno Gallo (um meio de campo desconhecido que até confundi com o lateral Bruno Telles). Sua atuação foi inpecável. Agora posso dizer, sem dúvida, que o Vasco está preparado para embalar. Principalmente sem Cristiano (sua ausência é uma benção em nossas vidas). Mesmo assim, duas vitórias são pouco para o objetivo do time: ganhar 11 partidas para se safar do risco de ser rebaixado. Agora faltam 9! Veja a narração do canal Respeitão da Gama!


Nosso próximo adversário é o Cruzeiro, no Mineirão. Time de Riascos, da qual está sendo muito criticado pelo pessoal. Assim como no jogo contra a Ponte Preta, o colombiano estava no mundo da lua e a galera vaiava com força quando o nego tocava na bola. (Ele pode ser até doido as vezes, mas, em campo ele costuma colocar o time mais para frente- pelo menos é isso o que eu acho).

Nenhum comentário

Vascaínos na Web. Tecnologia do Blogger.